19 Fevereiro 2024 Publicado em Células Escrito por 

O PODER DA ORAÇÃO

Avalie este item
(0 votos)

Texto: Gênesis 20.1-4 e 20.17-18

INTRODUÇÃO:

A oração de Abraão mudou a história de uma nação. Se Deus ouviu a oração de apenas um homem e mudou a sorte de uma nação inteira, imagine o poder que tem uma igreja unida! A oração é uma arma poderosa nas mãos do cristão. “Vencedores fazem da oração a mais alta prioridade, os perdedores fazem da oração seu último recurso.” (Rick Warren). Tristemente todo declínio espiritual começa com a negligência da oração. Na experiência cristã, a oração é necessária antes, durante e depois de qualquer decisão. A carne não quer orar, porém, orar é muito importante para uma vida cristã vitoriosa. Quem tem a oração no seu cardápio diário, fica fortalecido contra as tentações e o pecado. A oração coloca as forças dos céus ao alcance do homem.

01 – ALGUNS EXEMPLOS BIBLÍCOS DE HOMENS DE ORAÇÃO

Moisés conversava face a face com o Deus Todo Poderoso (Êx 33.11-23); Josué orou e o sol parou por quase um dia inteiro (Js 10.12-14); o rei Ezequias ganhou 15 anos de vida em resposta a sua oração (2Rs 20.1-6); Daniel orava três vezes ao dia (Dn 6.10); Davi orava ao Senhor constantemente (Sl 55.16-17); o Apóstolo Paulo orava em favor dos irmãos de Éfeso para que fossem capazes de compreender o imensurável amor de Deus (Ef 3.14-21); a Bíblia diz que Elias era homem sujeito às mesmas paixões que nós e Deus o ouvia (Tg 5.16-18). Esses fatos registrados nas Escrituras nos servem de bons exemplos.

02 – JESUS O NOSSO MAIOR EXEMPLO

Antes de iniciar seu ministério, O Senhor Jesus jejuou e orou por 40 dias (Mt 4.1-11); Antes de escolher seus discípulos, passou a noite em oração (Lc 6.12-16); era seu costume isolar-se para orar (Lc 5.15-16); sempre antes de momentos importantes, Jesus orava (Jo 6.11; 11.41,42; Lc 22.39-41); antes das refeições (Lc 24.30); ao instituir a Ceia (Mt 26.26-28); antes de ser preso (Mt 26.36-48); na hora da agonia da cruz (Lc 23.34); Jesus orou por você (Jo 17.20); e hoje continua orando por nós (Rm 8.34; Hb 7.25; 9.24). Jesus é o nosso maior exemplo.

03 – A FORÇA DA CONCORDÂNCIA

Há um poder tremendo na oração em concordância (Mt 18.19-20). Por isso o diabo vai sempre lutar para criar discórdias nas famílias, nas células e na igreja. A oração em concordância dá uma dimensão de unidade, de se ter um só propósito e um só coração. Quando isso ocorre, as orações são muito mais eficazes. A igreja tem em suas mãos o poder de ligar e de desligar (Mt 18.18). O apóstolo Paulo tinha ciência disso ao pedir para os irmãos de Roma  se unirem a ele em oração. (Rm 15.30). Quando o povo de Deus se une em um só coração, a oração é potencializada. O céu governa a terra, mas a oração pode mover a mão que governa o Universo. Vamos nos unir em oração.

CONCLUSÃO:

A oração é uma arma poderosa em nossas mãos. A Bíblia registra muitos exemplos de homens de oração. Aquele que pode mudar todas as coisas está com os ouvidos atentos às nossas orações. Se Deus mudou a sorte de uma nação inteira por causa da oração de apenas um homem, imagine se nos unirmos, num só clamor por um propósito?

Ler 78 vezes
  • Pr Orimar Carneiro

    Pastor no MiR PBS

    MiR Parauapebas

    Website.: twitter.com/orimarcarneiro

    Deixe um comentário

    Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

    MiR PARAUAPEBAS

    Blog do MiR PARAUAPEBAS